Encontro de Inverno Monte Crista

Inverno é o momento ideal para recolhimento e conforto em busca de cura, mas também é hora de acender o fogo purificador e aconchegar-se com os amigos para em torno do calor e da luz.

O QUE É O ANO NOVO MAIA E POR QUE ELE É IMPORTANTE?

Dia 26 de julho é o dia em que a estrela Sírius entra em conjunção com sol no seu plano mais alto. É dado o dia no ano novo do povo maia. Para entendermos o que é o ano novo maia e como ele interfere na nossa vida – e por que ele está na programação do *Encontro de Inverno de Monte Crista* e você deveria participar, explicamos:

O calendário em que vivemos atualmente foi criado com cunho político, social e econômico – e ele não é um calendário padrão. O calendário gregoriano respeita os 365 dias que a Terra leva para girar em torno do sol, mas dispõe esses dias de maneira irregular. Note que cada mês tem um tempo diferente (tem mês que tem 30 dias, tem mês que tem 31). E essa não é uma disposição natural. E por que não é natural? Porque o calendário é um ciclo de calibração cósmica, biológica e galática. Ele é o que ajusta os sistemas de tempo com os padrões universais de forma que ele mede o tempo e também ordena a vida de acordo com o clima e com todas as condições naturais que o planeta Terra tem. O calendário gregoriano, por ser totalmente irregular e não ter esse cunho da terra, mas econômico, causa uma confusão no inconsciente coletivo.

Já o povo maia utilizava a palavra sincronário, em vez de calendário. Sincronar significa contar o tempo. E o povo maia não criou esse calendário aleatoriamente. A gente sabe que o povo maia existiu algo entre 500 a.C. e de 800 d.C na América Central e sumiu simplesmente da Terra sem deixar nenhum rastro de para onde ele teriam ido. Nesse período em que eles tiveram aqui na Terra, eles realizaram diversos estudos e acessaram informaçõs sobre planetas e sistemas solares.

O sincronária maia, também conhecido como 13 luas e 28 dias, coloca que cada mês e cada lua tem 28 dias – esses dias são divididos em 4 semanas de 7 dias perfeitos. E esse mês de 28 dias ocorre exatamente 13 vezes por ano – que é o tempo que lua leva para dar sua volta ao redor da Terra, passando por todas as suas fases. Esses 13 meses de 28 dias dão exatamente 364 dias em um ano resultando em 52 semanas perfeitas. Mas a Terra leva 365 dias para dar sua volta ao redor do sol. Então fica faltando um dia para completar.

E esse dia, para nós que seguimos o calendário gregoriano, cai justamente no dia 25 de julho, que é o dia para eles considerado sem tempo porque é um dia que não está na semana e que nem tem lua.

E também é o dia em que o povo maia considerava propício para todas as sincronicidades e e recados que o universo tinha para nos mandar. E porque a barreiras se tornavam menores, também é um dia de propagação do amor universal, ao incondicional, do perdão, da paz e é o grande dia de reunião para meditações e para fortalecimento de laços, seja eles físicos ou espirituais.

Todo ciclo tem um começo e tem um fim. E a maneira como você inicia esse ciclo será a maneira como esse ciclo será regido até o fim. Cada ciclo, cada ano, tem um propósito diferente que o universo nos dispõe. E o povo maia propõe essa interiorização justamente para que possamos nos alinhar a esse propósito. Então para esse novo ano que se inicia no dia 26 de julho, vamos limpar tudo o que precisa ser limpo, vamos arrumar guarda-roupa, vamos arrumar a casa, mas acima de tudo, vamos limpar o nosso interior e vamos nos sintonizar com essa energia que o universo está nos emanando. Vamos fazer isso no Encontro de Inverno de Monte Crista.

PROGRAMAÇÃO

**Sexta-feira 26/07**
19h Acolhida e Jantar
20h Abertura: Ganesha´s Band + Explicação sobre o Ano Novo Maia: A Energia do Ano.

**Sábado 27/07**
7h30 Despertar com Música
7h45 Atividade Despertando o Corpo (Ioga ou Tai-Chi)
8h30 Café da Manhã
9h30 às 10h30 Atividade Integrativa
11h45 às 12h45 Vivência sobre Ano Novo Maia
13h Almoço
15h Vivência sobre o Ano Novo Maia (O selo maia de cada um)
17h Atividade Cama de Ervas
19h Jantar
20h30 Baile de Danças Circulares e Danças Brasileiras
Chá da meia noite

**Domingo 28/07**
7h30 Despertar com Música
7h45 Acordando o corpo (Ioga ou Tai-Chi)
8h30 Café da Manhã
9h30 Caminhada na Mata e Visita Cerimonial à Opy
13h Almoço e Despedida

VALORES E TIPOS DE HOSPEDAGEM

  • Os valores abaixo incluem: 2 pernoites + 2 cafés da manhã + 2 almoços + 2 jantares + participação em todas atividades do evento.
  • Desconto de 5% para quem já participou dos encontros do Monte Crista.
  • É possível parcelar. Entre em contato para saber das opções

1ª Opção: R$ 270 por pessoa.

Vaga em acampamento. É necessário trazer a barraca, colchonete, saco de dormir, roupas de cama e banho e tudo o que você achar necessário para o seu conforto. Inclui o uso de banheiro, chuveiro, refeições e participação em todas as atividades, durante o período.

2ª Opção: R$ 355 por pessoa.

Vaga em alojamento coletivo. Esse é uma sala de madeira, com cinco camas de solteiro, com banheiro dentro do quarto. O alojamento é feminino. Ficarão 5 pessoas por alojamento. O valor inclui pernoites, refeições e participação em todas as atividades durante o período.

3ª Opção: R$ 380 por pessoa.

Vaga em quarto triplo com banheiro compartilhado. Esse é um quarto de pedra, com três camas de solteiro e cada dois quartos compartilha um banheiro. É como na nossa casa, dois quartos e um banheiro no corredor. O valor inclui pernoites, refeições e participação em todas as atividades durante o período.

4ª Opção em chalé: R$ 400 por pessoa se forem 3 hóspedes compartilhando o chalé. O valor do chalé é R$ 1200. Vaga em chalé com banheiro privativo. Chalé de madeira, com um quarto com duas camas de solteiro ou uma cama de casal e uma sala com uma cama de solteiro. O valor inclui pernoites, refeições e participação em todas as atividades durante o período.

📍Monte Crista Espaço de Vivências e Pousada
BR 101 km 14,5 – Garuva (SC)
WhatsApp (47) 9 8493-0214
www.montecrista.org

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/973593349510894/